Arquivos do Blog

Silas Malafaia responde Gloria Perez após autora chamar evangélicos de imbecis

Depois da polêmica repercussão da novela ‘Salve Jorge’ entre os evangélicos, a autora da novela Gloria Perez respondeu dizendo que os protestos são de interesse comercial e apelam mais para o fundamentalismo.

Glória Perez x Silas Malafaia

“E penso que, em casos assim, o pessoal da imprensa deveria seguir o sábio conselho do Millôr Fernandes: ‘Não se deve ampliar a voz dos imbecis’”, afirmou ela, segundo jornal O Globo.

Um grupo de membros da Igreja Universal do Reino de Deus fez campanha pelas redes sociais alegando que a novela faz veneração a Ogum – entidade espiritual representada no Brasil por São Jorge – e apologia ao lesbianismo.

A novela estreou com um índice considerado baixo no Ibope de 35,5 pontos, a segunda pior audiência em estreia no horário nobre da Globo, segundo o jornal Estadão.

Apesar disso, Gloria Perez disse que está feliz com a audiência da novela. “Achei surpreendente: estreamos no primeiro dia de horário de verão, quando todo mundo se atrapalha com a hora, enfrentamos o horário político, e ainda assim chegamos aos 40 pontos em São Paulo (a média foi de 35 pontos)”.

De acordo com a autora, o segundo capítulo que teve 37 pontos fez mais um “gol”, visto que desde 1985, com ‘Roque Santeiro’, um segundo capítulo não bate a audiência do primeiro.

Ibope ruim Apesar do positivismo da autora, segundo o jornalista Lauro Jardim, a nova novela da Globo está com problema de audiência. Na última quinta-feira (31/10), ‘Salve Jorge’ registrou 28 pontos na Grande São Paulo, segundo números prévios do Ibope. E este é um índice que preocupa a emissora.

No mundo ideal e ambicioso da Globo, uma novela das nove deveria estar na faixa dos 40 pontos.

Pr. Silas Malafaia comenta:

“Quero ser curto e grosso! Evangélicos não devem assistir novelas para não ampliar a voz dos imbecis que as escrevem.”

Com informações de Verdade Gospel

Silas Malafaia critica Record por não noticiar evento religioso

Silas Malafaia critica Record por não noticiar evento religioso

Pastor Silas Malafaia em um evento religiosa da igreja dele

O clima esquentou nesta quinta-feira (02). Um grupo de líderes religiosos entregou ao presidente do Senado um abaixo-assinado com mais de um milhão de assinaturas contra o Projeto de Lei que aumenta a pena para quem discrimina homossexuais. O pastor Silas Malafaia, dono da Igreja Mundial, atuou como porta-voz do grupo.

Todas as emissoras noticiaram o fato, menos a Record que, coincidentemente, tem em seu dono o fundador de outra igreja, a Universal do Reino de Deus. Em seu polêmico “twitter”, Malafaia ironizou, dizendo: Parabéns a Rede Globo, Band, SBT, RedeTV, CNT e Rede Boas Novas, pela reportagem que fizeram do evento.

E para quem achava que o mesmo ficaria com idiretas, ele foi ao pote: “E a TV Record? Essa emissora comprada com o dinheiro do povo de Deus está mais a serviço da causa homossexual do que do Reino de Deus”.

Em outra mensagem, o pastor manda um recado para o dono da emissora da Barra Funda: “Que vergonha, Bispo Edir Macedo”.

%d blogueiros gostam disto: