Arquivos do Blog

Brasil 2013: Equipe da Globo é expulsa de protesto por manifestantes

Imagem

Rio de Janeiro, RJ, 30 (AFI) – Uma equipe da Rede Globo virou alvo de alguns manifestantes, neste domingo, na Praça Saens Peña, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. O grupo fazia protestos contra a CBF e a realização da Copa do Mundo no Brasil. Quando perceberam a presença do repórter Vandrey Pereira, alguns dos manifestantes começaram a hostilizar a equipe que fazia cobertura jornalística.

Cercados por várias pessoas, o carro que transportava profissionais da emissora precisou ser escoltado pela polícia. Mesmo descaracterizado e protegido, o veículo chegou a ser alvo de chutes.

De acordo com alguns presentes, a revolta com a equipe da Globo se deve à cobertura distorcida dos protestos de parte da mídia. Apesar do susto, não houve feridos no episódio que acabou com a expulsão dos profissionais.

Cerca de dez mil manifestantes partiram da praça Saens Peña em direção ao Maracanã, para dar sequência às manifestações. Por enquanto, nenhum caso de conflito foi registrado e a polícia fez um grande cordão de isolamente na região do estádio.

Anúncios

“O Artista” e “Hugo Cabret” ganham cinco prêmios no Oscar 2012; filme francês fica com principais categorias

Produtor Thomas Langmann, diretor Michel Hazanavicius e elenco de O Artista sobem no palco após a vitória do filme no Oscar 2012 (27/2/12)

Produtor Thomas Langmann, diretor Michel Hazanavicius e elenco de “O Artista” sobem no palco após a vitória do filme no Oscar 2012 (27/2/12)

“O Artista” se consagrou como produção do ano e venceu o prêmio de melhor filme do Oscar 2012. O filme francês ficou com cinco estatuetas, mesmo número de “A Invenção de Hugo Cabret”, de Martin Scorsese, mas venceu nas categorias artísticas, como melhor direção (Michel Hazanavicius) e ator (Jean Dujardin), além de figurino e trilha sonora original. “Hugo” ficou com efeitos visuais, fotografia, direção de arte, mixagem e edição de som. O prêmio de melhor atriz ficou com Meryl Streep, em sua 17ª indicação, por “A Dama de Ferro”. Foi a terceira estatueta que a atriz levou para casa.

Robyn Beck/AFP Photo

Jean Dujardin sobe no palco com o cãozinho Uggie depois de “O Artista” ser consagrado como melhor filme no Oscar 2012 (27/2/12)

Outros prêmios
Abrindo a noite, “A Invenção de Hugo Cabret” levou as estatuetas de melhor fotografia e melhor direção de arte. Tom Hanks foi o escolhido para apresentar os primeiros prêmios do Oscar 2012.

Mark Bridges, de “O Artista” levou a estatueta de melhor figurino. Cameron Diaz e Jennifer Lopez foram as apresentadoras do prêmio de melhor figurino. Em seguida, elas entregaram o prêmio de maquiagem para Mark Coulier e J. Roy Helle, por “A Dama de Ferro”.

O prêmio de melhor filme estrangeiro ficou com “A Separação”, do iraniano Asghar Farhadi. O filme já havia levado o Urso de Ouro em Berlim 2011 e o Globo de Ouro de melhor filme em língua estrangeira.

O prêmio de melhor atriz coadjuvante foi para Octavia Spencer, por “Histórias Cruzadas”. É o primeiro Oscar da atriz. Christian Bale, premiado como melhor ator coadjuvante em 2011, entregou a estatueta.

O prêmio de edição ficou com Kirk Baxter e Angus Wall, por “Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres”. Os dois editores venceram na mesma categoria no ano passado por “A Rede Social”, também dirigido por David Fincher. A comediante Tina Fey e o ator Bradley Cooper foram os apresentadores do prêmio.

Fey e Cooper também apresentaram o prêmio de melhor edição de som, que ficou com “A Invenção do Hugo Cabret”. A dupla de apresentadores entregou em seguida o prêmio de melhor mixagem de som para Tom Fleischman e John Midgley, também por “Hugo”.

O DITADOR NO TAPETE VERMELHO

AFP

Depois de criar polêmica ao afirmar que iria ao Oscar 2012 vestido como “O Ditador” e supostamente ser banido da cerimônia, o comediante Sacha Baron Cohen não só compareceu ao prêmio caracterizado como o personagem de seu próximo filme, como também derrubou falsas cinzas do ex-ditador norte-coreano Kim Jong Il no apresentador do “E!”, Ryan Seacrest

“Undefeated”, de TJ Martin, Dan Lindsay e Richard Middlemas venceu o prêmio de melhor documentário, desbancando “Pina”, do alemão Wim Wenders. Gwyneth Paltrow e Robert Downey Jr., par romântico de “Homem de Ferro 2”, foram os apresentadores do prêmio. Robert subiu ao palco dizendo que estava filmando um documentário, chamado “O Apresentador”.

“Rango”, de Gore Verbinski, foi o vencedor do Oscar de melhor animação. “Me perguntaram se ‘Rango’ era um filme para crianças. Eu não sei. O que eu sei é que é um filme feito por um monte de adultos se comportando como crianças”, disse o diretor em seu agradecimento. O comediante Chris Rock, que já deu voz a diversos personagens animados, entregou o prêmio da categoria.

“A Invenção de Hugo Cabret” (Rob Legato, Joss Williams, Ben Grossman e Alex Hennemg) ficou com o prêmio de melhores efeitos visuais. Foi o quinto prêmio do filme de Scorsese, que ganhou ainda o Oscar de fotografia, direção de arte, mixagem e edição de som. Ben Stiller e Emma Stone foram os apresentadores do prêmio.

Confirmando as expectativas, Christopher Plummer ficou com o prêmio de melhor ator coadjuvante por “Toda Forma de Amor”. Foi o primeiro Oscar do ator de 82 anos. A estatueta foi entregue pela atriz Melissa Leo, vencedora do Oscar de atriz coadjuvante em 2011, como manda a tradição dos prêmios da Academia.

Ludovic Bource venceu o Oscar de melhor trilha sonora original por “O Artista”. Penélope Cruz e Owen Wilson, estrelas dos dois últimos filmes de Woody Allen, entregaram a estatueta.

BRASIL NO OSCAR

Reuters

Depois de perder o Oscar de melhor canção original para “Os Muppets”, Carlinhos Brown, um dos autores de “Real in Rio”, da trilha sonora da animação “Rio”, não se deixou abalar e tuitou: “Não foi dessa vez, mas valeu muito!”

O Oscar de melhor canção original ficou com “Os Muppets”, por “Man or Muppet”, deBret McKenzie, que derrotou “Real in Rio”, de “Rio”, música dos brasileiros Sergio Mendes e Carlinhos Brown com letra de Siedah Garrett.

“Os Descendentes” ganhou seu primeiro e único Oscar da noite na categoria de melhor roteiro adaptado, para Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash. Payne agradeceu em havaiano e dedicou o prêmio à mãe. Woody Allen ganhou o prêmio de roteiro original por “Meia-Noite em Paris”, mas não compareceu à cerimônia para receber seu Oscar. Angelina Jolie foi a apresentadora do prêmio.

O irlandês “The Shore” (Terry George e Oorlagh George) ganhou o prêmio de melhor curta-metragem. Já o prêmio de documentário curta foi para “Saving Face”, de Daniel Junge e Sharmeen Obaid-Chemoy, sobre mulheres atacadas por ácido no Paquistão. O Oscar de curta de animação ficou com “The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore”, de William Joyce e Breon Oldenburg.

Michel Hazanavicius ganhou o Oscar de melhor direção por “O Artista”, batendo veteranos como Martin Scorsese, Woody Allen e Terrence Malick.

Jean Dujardin ficou com o Oscar de melhor ator por “O Artista”. O ator francês dividia as atenções com George Clooney, que concorria por “Os Descendentes”. Seguindo a tradição da Academia, a apresentadora foi a vencedora do Oscar de melhor atriz em 2011, Natalie Portman.

Meryl Streep ganhou o Oscar de melhor atriz por “A Dama de Ferro”, a terceira estatueta de sua carreira, que já lhe valeu 17 indicações. Streep dividia as preferências com Viola Davis, de “Histórias Cruzadas”. Seguindo a tradição da Academia, o apresentador foi o vencedor do Oscar de melhor ator em 2011, Colin Firth.

Apresentação

Robyn Beck/AFP Photo

O comediante Billy Crystal apresenta a 84ª edição do Oscar

A cerimônia começou neste domingo, às 22h30, com vídeos que parodiavam os filmes concorrentes, estrelados pelo anfitrião da noite, o comediante Billy Crystal.

“Nada melhor para levar as preocupações para longe da crise econômica do que milionários entregando estátuas de ouro a milionários”, foi uma das piadas de abertura de Crystal, antes de começar um número musical sobre cada um dos indicados a melhor filme. Depois de apresentar os dois primeiros prêmios, o comediante fez piadas sobre o nome do teatro que recebe o Oscar, que deixou de ser Kodak Theatre recentemente, e comentou que as pessoas não vão mais ao cinema.

Depois do prêmio de melhor atriz coadjuvante, Billy Crystal ironizou os testes de audiência que os estúdios fazem para ver como o público responderá a um filme e mostrou o “primeiro teste de audiência” da história, do clássico “O Mágico de Oz”. As sugestões incluíam “cortar a música “Somewhere over the Rainbow” e eliminar o personagem de Dorothy.

Depois do prêmio de melhor ator coadjuvante, Crystal fez um número em que “adivinhada” o que cada um dos indicados estava presente. Segundo ele, Scorsese estaria dirigindo mentalmente a cerimônia e o cãozinho Uggie, de “O Artista” só pensava “Se fosse meu, eu lamberia, se fosse meu, eu lamberia.

                                                              fonte uol

Morre, aos 52 anos, o repórter da Record Amin Khader

Rio – O promoter e repórter da Record Amin Khader, de 52 anos, morreu na madrugada desta terça-feira. Amin, que é amigos de várias celebridades, teria tido um ataque cardíaco em casa. Atualmente, ele fazia entrevistas com artistas para o programa “Balanço Geral”, de Wagner Montes.

“É com enorme dor no coração, que INFELIZMENTE confirmo que meu AMIGO DE FÉ IRMÃO CAMARADA AMIN KHADER, nos deixou esta madrugada”, disse David em seu Twitter. De acordo com o promoter e colunista do jornal Meia Hora, o corpo do amigo será velado em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

Foto: Ag. News
David e o amigo Amin em um dos muitos momentos de descontração | Foto: Ag. News

Mais cedo, ele comentou que tinha recebido uma notícia ruim. “Acabei de receber um telefonema com uma péssima noticia, rezem POR FAVOR para que seja mentira, NÃO PERGUTEM O QUE FOI”.

“Genteee não to acreditando. Acabei de ver uma materia dizendo q o meu amigo Amim Khader faleceu. Não tenho nem palavras… não consigo nem falar. A dor da perda de um grande amigo dói, dói mto… descanse em paz meu amigo, que papai do céu conforte o coração da família do Amim…”, escreveu Perlla em seu Twitter. 

“Meu Deus… O Amin nos deixou! Que notícia triste, ainda + ele sendo tão alegre e do bem… Nossa eu sinto muito!!!”, comentou a ex-BBB Lia Khey.

O Dia

Último desejo de Lacraia não pôde ser realizado no funeral

“Agora, a ficha caiu. Infelizmente aconteceu, Deus quis assim. Devo muito a ela e nunca vou esquecer disso”. O lamento de MC Serginho  foi um dos momentos mais comoventes do funeral de Marco Aurélio Rosa, conhecido como “Lacraia”, ocorrido na manhã desta quarta-feira (11), no Rio de Janeiro.

O funkeiro, que alçou o sucesso ao lado do dançarino, deixou claro que não rompeu a amizade após o fim da dupla. Foi Serginho quem levou os pais de Lacraia ao funeral e voltou com eles para o Jacarezinho, comunidade da zona norte do Rio, onde moram.

“Se eu não fosse bem quisto nessa família  eu não estaria aqui, nem hoje e nem ontem!”, disse Serginho.

Uma multidão acompanhou o cortejo, que saiu da capela 1, do Cemitério de Inhaúma. Na chegada do caixão à sepultura, houve uma longa salva de palmas e cantos do refrão de Éguinha Pocotó, hit que popularizou Lacraia. 

Amigos de Lacraia contaram que um dos grandes desejos da dançarina não pôde ser realizado. Ela queria ser enterrada em um caixão cor de rosa, tonalidade que marcou seus figurinos de shows e parte das peças que mais gostava de usar em seu cotidiano. A família bem que tentou. Mas não houve tempo de providenciar e seu último pedido não pôde ser realizado. A saída encontrada foi escolher flores rosas para decorar o caixão e todo o ambiente.

Durante o funeral, acabou sendo revelada ainda a causa da morte de Lacraia. No atestado de óbito consta que Marco Aurélio morreu de tuberculose aguda, seguida de insuficiência respiratória e falência múltipla de órgãos. 

Com informações do site  OFuxico

[Imagem] Queda da Ana Hickmann

Incêncio atinge Cidade do Samba no Rio

Imagens feitas na manhã desta segunda-feira (7), pelo Globocop, mostram um incêndio na Cidade do Samba, na Gamboa, na Zona Portuária do Rio. Há muita fumaça no local.

https://i1.wp.com/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2011/02/07/cidadedosamba620150.jpg

O Corpo de Bombeiros informou que quinze carros e 70 homens foram enviados ao local. As chamas ainda não foram controladas.

Ainda não informações sobre feridos.

Imagens mostram que os barracões atingidos são o Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), da Portela, da União da Ilha do Governador e da Grande Rio. Procurada pelo G1, a assessoria da Liesa não confirma que o barracão tenha sido atingido e informou que, pelas imagens, é possível verificar que o fogo chegou à parte alta dos barracões, onde ficam os ateliês de fantasia.

O diretor de carnaval da União da Ilha, Márcio André, explica que 90% das alegorias já estavam prontas para o desfile deste ano. Segundo ele, ainda não há registro de feridos.

Segundo a assessoria da prefeitura, Eduardo Paes está acompanhando o trabalho dos bombeiros e, assim que o fogo for controlado, ele pretende ir ao local.

A CET-Rio informou que a Rua Arlindo Rodrigues, que fica próxima à região, foi interditada. No Santos Dumont, a Infraero diz que a movimentação de aeronaves é normal.

Incêndio Cidade do Samba (Foto: Reprodução / TV Globo)Incêndio atinge a Cidade do Samba, no Rio (Foto: Reprodução / TV Globo)
%d blogueiros gostam disto: