Arquivos do Blog

Após longa batalha, morre Chico Anysio, aos 80 anos

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120323151636.jpg

Divulgação

Na tarde desta sexta-feira (23), morreu o comediante Chico Anysio, 80.

Por volta das 12h, um boato movimentou o Twitter, porém procurada pelo portal NaTelinha a assessoria de imprensa do Hospital Samaritano, no Rio, negou a informação. Porém, às 14h52, o óbito aconteceu e o fato foi confirmado.

A morte foi devido a complicações cardiorrespiratórias. Ontem, Anysio passou por uma drenagem torácica para retirada de um “grande hematoma pleural”, ou acúmulo de líquido.

A esposa do humorista, Malga di Paula, disse que ontem foi um dia difícil. Já na manhã de hoje, pelo Twitter, retuitou várias mensagens de apoio a Chico.

Chico Anysio estava internado desde o dia 30 de novembro de 2011 após sentir ardência ao urinar e apresentar febre alta. Os doutores constataram uma infecção urinária, ocasionada por fungos.

Após ser tratado com antibióticos via venosa, Chico Anysio recebeu alta no dia 21 de dezembro e havia comemorado no Twitter: “Olá, amigos! Voltei pra casa hoje depois de maisuma temporada no hospital. Estou feliz porque vou passar o Natal em casa e ansioso para voltar a trabalhar”.

Porém, no dia seguinte, ele voltou a ser internado, desta vez com hemorragia digestiva e pneumonia.

Já entre o final de 2010 e o início de 2011, Chico Anysio passou quatro meses internado. No dia 2 de dezembro de 2010, ele deu entrada no hospital com quadro de falta de ar.

Após ser avaliado, foi diagnosticada a obstrução da artéria coronariana, levando o paciente a ser submetido a uma angioplastia. Durante o período em que estava internado, Anysio ainda foi diagnosticado com pneumonia, que foi curada no final de janeiro.

Em abril do ano passado, pouco tempo depois de receber alta, ele voltou à TV com um quadro no “Zorra Total”.

Na Telinha

Após terceira internação, ex-jogador Sócrates morre em São Paulo

O ex-jogador Sócrates Brasileiro Sampaio de Sousa Vieira de Oliveira morreu às 4h30m da madrugada deste domingo, em consequência a um choque séptico, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele tinha 57 anos e era pai de seis filhos.

O corpo de Sócrates deve chegar por volta de 13h30m deste domingo a Riberão Preto, cidade onde cresceu, para ser velado. O enterro deve ocorrer às 17h no cemitério Bom Pastor.

Sócrates estava internado deste quinta-feira à noite, depois de ter se sentido mal durante o jantar. O quadro clínico dele chegou a apresentar leve melhora neste sábado, graças a um antibiótico mais potente, que fez regredir o quadro de infecção intestinal. Mas os médicos já vinham alertando que o caso dele era grave. Sócrates estava sedado na UTI, respirando por aparelhos e passando por tratamento dialítico, que consiste na remoção do excesso de líquidos e substâncias prejudiciais acumuladas no organismo do paciente renal crônico. A expectativa era que ele permanecesse em observação por pelo menos 72 horas.

O ex-jogador foi internado na noite de quinta-feira com uma infecção intestinal causada por uma bactéria. Ele começou a se sentir mal depois de comer estrogonofe no jantar. Não foi confirmado pelos médicos, porém, que tenha sido essa a causa da internação.

Esta tinha sido a terceira internação de Sócrates nos últimos quatro meses. As duas internações anteriores foram para tratar de uma hemorragia digestiva, causada pelo consumo prolongado de álcool.

A última internação havia sido em setembro. Foram 17 dias no hospital. Com o fígado comprometido, a expectativa na época era de que ele precisaria se reabilitar em casa, seguindo uma dieta rigorosa, para entrar na fila por um transplante. Para isso, porém, era 

preciso que seu quadro clínico ficasse estável por alguns meses.

A primeira vez que ele foi hospitalizado ocorreu no dia 19 de agosto, quando sofreu uma hemorragia digestiva alta. Na ocasião, ele recebeu alta após nove dias.

Sócrates começou a carreira de jogador no Botafogo, de Ribeirão Preto, foi contratado pelo Corinthians no fim da década de 70 e vendido para Fiorentina, da Itália, nos anos 80. Também jogou no Flamengo e no Santos e pela Seleção Brasileira.

Globoesporte.com

Morre, aos 52 anos, o repórter da Record Amin Khader

Rio – O promoter e repórter da Record Amin Khader, de 52 anos, morreu na madrugada desta terça-feira. Amin, que é amigos de várias celebridades, teria tido um ataque cardíaco em casa. Atualmente, ele fazia entrevistas com artistas para o programa “Balanço Geral”, de Wagner Montes.

“É com enorme dor no coração, que INFELIZMENTE confirmo que meu AMIGO DE FÉ IRMÃO CAMARADA AMIN KHADER, nos deixou esta madrugada”, disse David em seu Twitter. De acordo com o promoter e colunista do jornal Meia Hora, o corpo do amigo será velado em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

Foto: Ag. News
David e o amigo Amin em um dos muitos momentos de descontração | Foto: Ag. News

Mais cedo, ele comentou que tinha recebido uma notícia ruim. “Acabei de receber um telefonema com uma péssima noticia, rezem POR FAVOR para que seja mentira, NÃO PERGUTEM O QUE FOI”.

“Genteee não to acreditando. Acabei de ver uma materia dizendo q o meu amigo Amim Khader faleceu. Não tenho nem palavras… não consigo nem falar. A dor da perda de um grande amigo dói, dói mto… descanse em paz meu amigo, que papai do céu conforte o coração da família do Amim…”, escreveu Perlla em seu Twitter. 

“Meu Deus… O Amin nos deixou! Que notícia triste, ainda + ele sendo tão alegre e do bem… Nossa eu sinto muito!!!”, comentou a ex-BBB Lia Khey.

O Dia

%d blogueiros gostam disto: