Arquivos do Blog

Daniel não volta ao BBB

O delegado Antônio Ricardo Nunes, da 32a. DP (Taquara), esteve hoje na Central Globo de Produção para ouvir a estudante Monique Amim e o modelo Daniel Echaniz, que, na madrugada de domingo, protagonizaram cenas de intimidade no BBB12 e geraram suspeita de abuso sexual.
Em depoimento oficial à Polícia, no entanto, Monique afirmou que estava consciente e agiu de forma consentida.

Assim que surgiu a suspeita, a TV Globo iniciou a apuração dos fatos, que num primeiro momento apontavam para uma cena de carícias semelhante à de outras edições. Após avaliação, a emissora decidiu pelo afastamento de Daniel, até para que ele pudesse prestar esclarecimentos formais à polícia.

De qualquer forma, a produção do programa avalia que o comportamento do participante foi inadequado, o que impede seu retorno à casa.

BBBoFICIAL

Monique e Daniel negam suposto estupro

De acordo com o delegado que investiga o caso, a sister se recusou a fazer o exame de corpo de delito

Rio – Os participantes do Big Brother Brasil 12 Daniel e Monique prestaram depoimento ao delegado titular da 32ª DP (Taquara), Antônio Ricardo, e, de acordo com ele, negaram que tenha ocorrido o estupro no reality show. O delegado afirmou ter ouvido o casal dentro da casa do BBB nesta terça-feira. A jovem envolvida na polêmica, no entanto, se recusou a fazer o exame de corpo de delito. Ainda segundo Antônio Ricardo, o edredon e as roupas íntimas de ambos serão apreendidos e depois encaminhados para a perícia.

“Eles confirmaram que ficaram embaixo dos cobertores com o consentimento de ambos. Eles se tocaram, mas negaram que houve relação sexual”, contou o delegado, que acrescentou: “Mesmo após ingerir bebida alcoólica, ela tinha condições de dizer não”.

Daniel prestou depoimento na condição de testemunha, já que nenhuma queixa formal foi prestada contra o modelo. Na entanto, Antônio Ricardo explicou que o inquérito será instaurado nesta terça como estupro de vulnerável. Ele ainda pretende confrontar a versão do casal com as imagens da TV Globo e os dois podem ser chamados para prestar depoimento novamente. Os outros participantes do BBB também podem ser chamados para dar esclarecimentos.

A Polícia Civil investiga a suspeita de estupro de vulnerável contra a estudante, que estaria bêbada e inconsciente durante a relação com o rapaz, após uma festa na casa. O delegado já deixou o Projac e concederá entrevista na 32ª DP.

Delegado esteve no Projac e ouviu os BBBs | Foto: Alexandre Vieira / Agência O Dia

A mãe de Daniel, expulso nesta segunda do BBB 12, Aparecida Echaniz, defendeu, nesta terça-feira, que Monique também deixe o reality show. “Ela é uma mulher madura. Nao foi a primeira vez, nem a décima. Que fique bem claro que não quero prejudicar ninguém em defesa do meu filho, mas acho que se os dois infringiram o regulamento, os dois deveriam ser expulsos”, disse ao programa Balanço Geral.

Segundo Aparecida, ela ainda não conseguiu falar com o filho. “Ninguém me procurou, tenho acompanhado tudo pela TV. Estou sem entender, perplexa”, contou.

http://www.youtube.com/watch?v=zmGnvMBkNWI&feature=player_embedded#t=0s

Daniel usou seu Twitter oficial (@Daniel_Echaniz) para falar com o público. Sem dar sua versão da história, o modelo apenas disse que irá atualizar seu microblog e se aconteceu alguma coisa, o problema é dele. “A partir e Agora Sou Eu Mesmo O Daniel Que Ira Atualiza Minha Pagina No Twitter!”, escreveu, para depois completar: “Galera Se Aconteceu Alguma Isso é Problema Meu e De Mais Ninguem ASSUNTO ENCERRADO”.

 

Na tarde desta segunda, Boninho, diretor-geral do programa, interrogou Monique no confessionário, e policiais foram recebidos no Projac pelo departamento jurídico da emissora. A Central Globo de Comunicação divulgou uma nota justificando a expulsão de Daniel “devido a um grave comportamento inadequado” e “após rigorosa avaliação da Globo”.

Mais cedo, Boninho chegou a afirmar que Monique havia dito que consentiu as carícias de Daniel. O diretor chegou a dizer ao site da Folha de São Paulo que Daniel estava sendo vítima de racismo, e que não via motivos para punir o “brother”. 

 

Polícia Civil mandou uma equipe ao Projac para colher depoimentos | Foto: Alexandre Vieira / Agência O Dia

Fontes ligadas ao programa disseram que nos bastidores há consenso de que o ato sexual foi consumado na casa e durou cerca de 25 minutos, dos quais apenas sete foram exibidos, mostrando Monique imóvel e Daniel em movimentação intensa sob o edredom. O vídeo foi retirado do YouTube pela Rede Globo. Monique desapareceu das câmeras e o sistema de multicâmeras do ‘pay per view’ foi desativado.

A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Iriny Lopes, enviou, no fim da tarde desta segunda, ofício ao Ministério Público Estadual do Rio pedindo a tomada de “providências cabíveis”. Segundo o procurador-geral, Cláudio Lopes, o documento será encaminhado nesta terça à promotora Christiane Monnerat, que vai acompanhar as investigações do inquérito aberto pelo delegado Antônio Ricardo.

Delegado pode pedir apreensão de roupas íntimas e do edredom

O centro da investigação da polícia é apurar se Monique autorizou as carícias de Daniel. Se for comprovado, no entanto, que ela não tinha consciência do que ocorria, em tese, de acordo com o procurador-geral de Justiça, Cláudio Lopes, pode ficar caracterizado o crime de estupro de vulnerável, como prevê o artigo 217 A, parágrafo primeiro. A pena varia de seis a dez anos de prisão.

“Para isso, será necessário comprovar que a vítima não tinha condições de oferecer resistência alguma”, explicou Lopes. Nesse caso, para denunciar Daniel à Justiça, o Ministério Público não precisaria da representação de Monique. “No estupro de vulnerável, o estado age independente da vontade da vítima. É lógico que isso dificulta a investigação, mas não impede que as provas sejam colhidas”, afirmou Lopes.

http://www.youtube.com/watch?v=99P21F2uRDc&feature=player_embedded#t=0s

 

Monique fala que não se lembra de nada e que pediu para Daniel parar

A BBB Monique foi chamada ao confessionário pelo diretor do programa, Boninho, para esclarecer o que aconteceu embaixo do edredom com Daniel. O áudio da conversa, com os detalhes do que Monique se lembra, vazou na Internet.

“Olha, só se ele tivesse a capacidade de ter feito sexo comigo dormindo. Porque eu não me lembro de nada de sexo. Lembro de mão naquilo, aquilo na mão, agora sexo, não. Só se ele for muito mau-caráter de fazer comigo dormindo. Eu me lembro apenas do Rafa deitando e eu dormi”, diz a ‘sister’ num dos trechos da conversa.

Em outra parte, Monique afirma que não aceitou ir além das carícias: “E realmente é só isso que eu lembro, que a gente passou a mão um no outro. Eu fiquei com tesão. Eu lembro que ainda dei um pulo na cama, pro outro lado, contrário do dele, e falei: ‘Para. Chega, chega’”.

Perguntada sobre o short preto que vestia e que não usava quando acordou, Monique foi imprecisa: “Acordei sem o shortinho. Não, eu deitei sem o shortinho, acho. Acho que eu tirei o shortinho e acordei sem o shortinho. Mas assim, eu só me lembro que eu estava me arretando com ele, a gente passou a mão, coisa e tal, e o Rafa chegou. Na minha cabeça, não me lembro do momento nós três na cama. Eu capotei”.

O Dia

“BBB 12”: Jornal inglês diz que participante foi estuprada ao vivo

 

"BBB 12": Jornal inglês diz que participante foi estuprada ao vivo

 

Virou um escândalo internacional o suposto caso de abuso sexual dentro do “Big Brother Brasil 12”. O Daily Mail, desta terça-feira (17) trouxe uma matéria sobre o caso.

O tablóide inglês relatou que uma participante do programa foi estuprada ao vivo na TV depois de consumir bebida em uma festa regada a álcool.

O Daily Mail ainda afirma que uma investigação policial foi aberta para apurar o caso.

 

 

NATELINHA

BBB12: Monique deixa a casa por meia hora para falar com delegado

BBB12: Monique deixa a casa por meia hora para falar com delegado

O delegado Antonio Ricardo Nunes, titular da 32ª DP, da zona oeste carioca, foi ao Projac na manhã desta terça-feira (17). O policial foi interrogar os BBBs Monique e o recém eliminado Rafael, que deixou a atração por má conduta. A polícia quer apurar se houve mesmo “estupro de vulnerável”  entre Daniel e Monique na casa.

Monique deixou a casa por volta das 12h33, após o sinal sonoro tocar, só voltando a ser vista pelo pay-per-view do Big Brother Brasil 12h às 13h. A estudante teria saído da casa para prestar depoimento ao delegado, dentro do complexo do Projac. Na volta da estudante à casa, ela foi recebida  com um abraço por por João Carvalho, que cozinhava  com a ajuda de Laisa.

Policiais vão ao Projac fazer exame de corpo de delito em Monique

Policiais vão ao Projac fazer exame de corpo de delito em Monique

Agora é caso de polícia. De acordo com “O Dia”, o delegado Antonio Ricardo, titular da 32ª DP, ordenou que, nesta segunda-feira (16), uma equipe de policiais fossem ao Projac, sede da Globo no Rio de Janeiro, para fazer exame em Monique, que supostamente teria sofrido abuso sexual enquanto estava inconsciente.

Uma guia do corpo de delito acompanha os policiais. Segundo o delegado Antonio, o exame precisa do consentimento da vítima para ser feito: “O objetivo do exame é confirmar se houve condições carnais. Se o fato ocorreu fora do estado de consciência, é grave e precisa ser investigado”.

Antonio Ricardo está na Argentina, mas de lá mesmo ordenou que o vídeo com as cenas entre Daniel e Monique fosse investigado. Feito o registro, ele ordenou que alguns oficiais fossem até a Globo realizar o exame.

Ainda de acordo com “O Dia”, ele voltará ao Brasil já nesta terça-feira e vai conduzir o caso pessoalmente.

Monique será interrogada pela polícia nesta terça-feira (17).

PORTAL PS

“A Globo me deve uma satisfação”, desabafa mãe de Daniel, eliminado do “BBB12”

 

Aparecida Echaniz, mãe do BBB Daniel, que foi afastado nesta segunda (16) à noite do “BBB12” após a polêmica em que se envolveu ao ser acusado de ter abusado sexualmente da sister Monique na madrugada do último domingo (15), contou ao UOL que seu filho está em um hotel na zona oeste do Rio, sem contato com a família.

“A menina [Monique] vai depor hoje de manhã. O que todo mundo me passou é que iriam sair [do reality] os dois. Estou muito revoltada, indignada. Conheço meu filho e ele jamais faria isso. E pelo que li a respeito, essa senhorita é chave de cadeia. Tenho certeza que a Globo me deve uma satisfação. Porque o público está bem dividido. Não é todo mundo que acha o Daniel um estuprador”, disse Aparecida.

A mãe do modelo, de 31 anos, contou que a Globo ofereceu um advogado para Daniel. “Dizem que a Globo ofereceu advogado para ele. Mas se ofereceu não fez favor nenhum. Porque meu filho não é um pedaço de lixo, que pode ser jogado fora assim”, afirmou ela, acrescentando que Daniel foi vítima de racismo. “Em outros BBBs houve edredom e nunca ninguém foi para a rua. O próprio Boninho achou racismo, mas pressionado pelo público deu um basta”, argumentou Aparecida, que não quis dar mais informações sobre o filho “para não atrapalhar a averiguação”.

Durante o programa ao vivo desta segunda-feira (16), Pedro Bial confirmou que o modelo paulistano Daniel Echaniz, de 31 anos, está eliminado do “BBB12”.

A expulsão, que já havia sido divulgada pela Globo, aconteceu após  investigadores da polícia irem ao Projac (centro de produção da emissora, localizado na zona oeste do Rio) para apurar a suspeita de que Daniel teria abusado sexualmente de Monique durante a madrugada do último domingo (15).

 “Desde domingo de manhã, a direção avalia o comportamento de Daniel, suspeito de ter infringido as regras do programa”, disse Bial na abertura da atração.

No bloco seguinte, o apresentador anunciou o veredicto sobre Daniel.

“O Big Brother avaliou o comportamento de Daniel sem precipitação, com o máximo cuidado. Analisamos as imagens que evidenciaram uma infração ao regulamento do programa. Depois de criteriosa avaliação, a direção do programa entendeu que o comportamento do brother na noite da festa foi gravemente inadequado. Consequentemente, Daniel está eliminado do BBB12”, disse.

Depois de um breve intervalo comercial, o apresentador voltou dizendo “o BBB precisa continuar”. Sem dar explicação aos brothers sobre o paradereiro de Daniel, que desde às 20h desta noite não aparece mais junto com os outros participantes na casa, Bial deu início a um game, que foi vencido por Ronaldo.

Entenda o caso

Ouça trecho de declaração de Monique no confessionário

Após a festa que aconteceu no último sábado, Daniel e Monique foram para o quarto floresta e trocaram beijos e carícias sob o edredom. O vídeo do casal levantou uma polêmica sobre uma suspeita de um estupro, já que Monique estaria desacordada.

Boninho, diretor do programa, disse ao colunista Alberto Pereira Jr., não ter considerado o caso um estupro, já que não era possível confirmar nem ao menos que os dois fizeram sexo e acrescentou que a acusação é racista.

Monique foi chamada no confessionário para checar a história, onde disse que não fez sexo com Daniel, mas depois, em conversa com outros brothers, disse estar preocupada com o que fez.

Para Aparecida Echaniz, mãe do BBB Daniel, acusar alguém de estupro é criminoso. “A própria Monique falou que foi tudo consensual. Quando foram perguntados no ar, pelo Bial, os mesmos confirmaram que ficaram juntos”, argumentou.

Já a assessoria de Monique postou no Twitter, na tarde desta segunda-feira, um comunicado em que diz que a sister falará sobre o episódio quando sair do programa e que o empresário do BBB Daniel foi irônico ao declarar ” ela geme dormindo?”.

UOL

Veredicto da direção: Daniel está fora do BBB12

Bial anuncia: Daniel está eliminado (BBB / TV Globo)

 

O apresentador Pedro Bial abre o programa falando sobre o comportamento de Daniel. “Desde domingo de manhã, a direção avalia o comportamento de Daniel, suspeito de ter infringido as regras do programa”, explica Bial.

“O Big Brother avaliou o comportamento de Daniel sem precipitação, com o máximo cuidado. Analisamos as imagens que evidenciaram uma infração ao regulamento do programa. Depois de criteriosa avaliação, a direção do programa entendeu que o comportamento do brother na noite da festa foi gravemente inadequado. Consequentemente, Daniel está eliminado do BBB12”, anuncia o apresentador.

Após visita da Polícia Civil, Daniel é eliminado do Big Brother Brasil 12

O modelo Daniel acaba de ser eliminado do Big Brother Brasil. A decisão foi tomada após a visita da Polícia Civil para investigar o possível abuso sexual cometido pelo participante.

A eliminação dele será anunciada, ao vivo, daqui a pouco após a novela “Fina Estampa”.

Entenda o caso

Na festa de sábado, primeiro dia de bebida liberada no BBB, Monique ficou nitidamente embriagada. Antes de dormir, deu um selinho em Fabiana e foi para o quarto Floresta. Sob o edredom, Daniel se atracou com a estudante e é aí que começam as suspeitas de estupro. Na edição mostrada na noite de domingo, a narrativa é de uma “ficada” consentida depois da festa. No pay per view, Monique aparece imóvel enquanto Daniel faz movimentos sob a colcha.

%d blogueiros gostam disto: