Arquivos do Blog

BOMBA: Ministério das Comunicações diz que pode tirar BBB do ar


Agencia Estado

O Ministério das Comunicações informa que a interrupção dos serviços é uma das sanções que pode ser aplicada à TV Globo por causa da difusão de imagens de suposto estupro no programa “Big Brother Brasil”. O Ministério vai verificar se as imagens transmitidas estiveram “em desacordo com as finalidades educativas e culturais da radiodifusão”, conforme exigem o Código Brasileiro de Telecomunicações e o Regulamento dos Serviços de Radiodifusão.

Nessa apuração, o primeiro passo será “identificar se o possível estupro foi veiculado na TV Globo”. Já foi solicitada à TV Globo a gravação da programação veiculada nos dias 14 e 15 de janeiro de 2012, para degravação, destaca o Ministério, em nota.

Será avaliado, ainda, se as imagens transmitidas também estiveram em desacordo “com a manutenção de um elevado sentido moral e cívico, não permitindo a transmissão de espetáculos, trechos musicais cantados, quadros, anedotas ou palavras contrárias à moral familiar e aos bons costumes, expondo pessoas a situações que, de alguma forma, redundem em constrangimento, ainda que seu objetivo seja jornalístico”.

Se a situação de descumprimento das regras da radiodifusão for encontrada, o Ministério vai instaurar Processo de Apuração de Infração, e as sanções podem envolver multa e até mesmo a interrupção dos serviços.

No caso da TV aberta, a fiscalização cabe ao Ministério. Quanto à TV por assinatura, a fiscalização é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), nos termos da Lei Geral de Telecomunicações (LGT). Por isso, paralelamente, foi solicitado à Anatel que também faça também a verificação da veiculação dessas imagens nos canais de TV paga. O Ministério lembra que a emissora é outorgada concessionária do serviço de radiodifusão de sons e imagens.

TV FOCO

BBB pode sair do ar

Era madrugada de sábado para o domingo, e na casa do BBB aconteceu uma movimentação embaixo das cobertas entre dois brothers: Daniel e Monique. Porém internautas no sábado fizeram o protesto com a hashtag #danielexpulso, pois teria surgido um boato de que Daniel teria cometido crime sexual, pois Monique estaria desacordada.

Segundo advogados,é considerado Estupro de Vulnerável, quando a vítima está inconsciente, mas como Monique afirma que deu somente alguns beijos debaixo do edredon, essa possibilidade fica nula, o problema é que pode ter acontecido algo a mais e ela não se lembra.

Chamada ao confessionário, a estudante disse que não teve relações sexuais com o modelo. O diretor-geral do reality show, J.B. Oliveira, o Boninho, convocou a sister para uma conversa, já que os telespectadores pedem a expulsão do participante.

Em seu blog, Boninho disse: “Ela não confirmou que teve sexo e disse que tudo o que aconteceu foi consensual. Não dá para garantir que houve sexo, muito menos estupro. Eles estavam debaixo do edredon e de lado. Mas o mais importante é que ela [Monique] estava consciente de tudo. Ela me disse que na hora que o clima esquentou pediu para ele [Daniel] sair da cama”.

Após passar pelo confessionário, Monique demonstrou estar confusa: “Será que eu fiz [sexo]?”

Agora a tarde policiais da 32 DP entraram na casa do bbb para fazer exame de corpo de delito, informação passada pelo portal R7.

Mas não parou por aí:  Ministério Público vai pedir para que BBB 12 seja retirado do ar caso se confirme o suposto estupro. E Globo por sua vez ja reuniu seus advogados caso precise entrar contra a ação que o MP irá fazer contra o programa.

Com informações de: TV FOCO/Henrique Beraldo/R7/Club TV

%d blogueiros gostam disto: