Arquivos do Blog

“Cassetas foram referência para minha formação’, diz Marcelo Adnet

O ator Marcelo Adnet, um dos destaques da “MTV”, afirmou ao jornal “O Estado de São Paulo”, que os humoristas do “Casseta & Planeta” (Rede Globo) foram algumas de suas grandes referências.

“Eles foram obviamente referência para minha formação. E a gente já se conhecia pessoalmente do teatro e da vida no Rio. E foi quando desfiz a ideia de que todos fossem um grupo só”, contou.

Marcelo está no filme “As Aventuras de Agamenon, o Repórter”, com dois “Cassetas”, e diz que mantém contato com os humoristas fora do trabalho. “O Hélio de La Peña é o cara com que converso sobre o Botafogo, correr e natação. Com o Marcelo Madureira, falo de política; com o Hubert, falo besteira mesmo; com o Claudio Manuel, falo sobre TV, humor na televisão, etc”.

Ao falar sobre a carreira no cinema, ele declara que “entrou para ficar”. “Cada vez mais. Estou filmando ‘Os Penetras’, de Andrucha Wadington, vai ser muito bacana. Cinema, paixão, família. Isso me faz pensar em um dia fazer um filme meu”, contou. Boa sorte!

Yahoo

Comédia do casseta: ‘As aventuras de Agamenon’ chega às telonas

 

Luana Piovani e Hubert em “As aventuras de Agamenon” Foto: Divulgação

 

Adaptar uma história do papel para a telona não é uma tarefa simples. Mas o trabalho fica ainda mais complicado quando o personagem é Agamenon Mendes Pereira, o colunista fictício do jornal “O Globo” criado há mais de 20 anos pelos humoristas Marcelo Madureira e Hubert, do “Casseta & Planeta”.

— Foi um desafio maior do que enfrentar Anderson Silva — brinca Hubert, ator e roteirista do filme “As aventuras de Agamenon — O repórter”, que estreou ontem.

O longa narra as peripécias do falso jornalista, que teria nascido no fim do século 19 e presenciado diversos acontecimentos históricos.

O protagonista é interpretado por Marcelo Adnet até o momento da explosão da bomba de Hiroshima, quando a fisionomia de Agamenon muda e ele passa a ser vivido por Hubert. Ambos contracenam com Luana Piovani, que faz o papel da infiel Isaura, mas o único que beija a musa é Adnet.

— Ele conseguiu beijar Luana e Guilhermina Guinle — reclama Hubert, que se diz injustiçado: — Eu segui a velha tradição do “Casseta” de não pegar ninguém.

Guilhermina faz uma das muitas participações especiais que o filme desfila. Na pele de Eva Braun, companheira de Hitler, a atriz tem um affair com Agamenon. O filme exibe ainda depoimentos hilários de Paulo Coelho, Pedro Bial, Jô Soares, Caetano Veloso, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, todos que supostamente conviveram com o personagem.

“Meus sentimentos em relação ao Agamenon são uma mistura de amor e ódio. Digamos 99,9% de ódio e o restante de amor”, diz Pedro Bial, que relembra seus encontros com “o maior jornalista do Brasil”.

Outro nome de peso é Fernanda Montenegro, que narra a comédia. A veterana, que já fez duas participações no “Casseta & Planeta”, em 2009, não hesitou em aceitar o convite.

— Bem antes de o filme ser realizado, entramos em contato com ela, que topou no ato — conta Hubert, que estende o comentário aos outros: — Todos que deram depoimentos são fãs do Agamenon. Foi tudo na base do 0800, de grátis.

EXTRA- REDE GLOBO

%d blogueiros gostam disto: