Arquivos do Blog

Não percam amanha a nova coluna do AC – Outra Identidade

Estreia amanha a nova coluna do AC “Outra Identidade” com Beatriz Torres. Você não pode perder!

A coluna vai mostrar a verdadeira face de alguns famosos, por exemplo, famosos antes e depois da fama, famosos antes e depois das drogas, famosos com e sem maquiagem, famosos com ou sem photoshop.

A coluna vai durar durante esse mês de abril, todas as sextas, ás 20 horas.

A  coluna é muito interessante, e vai matar a curiosidade de muita gente, você não pode perder!

Beatriz Torres

SIGAM: @ACAudiencia no twitter.

Reveja a 1ª parte da história da TV Excelsior, e nesta terça às 9 da noite não perca a 2ª parte

Pré-história

 

Ano de 1959. As Organizações Vitor Costa recebem uma concessão para um segundo canal.  As organizações possuíam também a Rádio Excelsior, por esta razão o nome da TV é idêntica a da rádio. As organizações logo repassam as concessões, ainda no papel para a família Simonsen, dona da Panair Brasil e de outras 41 empresas. A família comprou as concessões por 80 milhões de cruzeiros.

 

No ar

 

A inauguração da TV Excelsior de São Paulo ocorreu no dia 9 de Julho de 1960, no Teatro Paulo Eiró, Avenida Adolfo Pinheiro, 915, Santo Amaro. Uma intenção nunca concretizada foi a de construir um estúdio em frente a tal teatro.

 

Programação de Inauguração

 

18h00 Introdução com a Banda da Força Pública de São Paulo
18h30 Cerimônia Oficial de lançamento do novo prefixo
19h00 Show Artístico com os maiores cartazes nacionais
21h00 Ballet do Teatro Municipal de São Paulo
21h30 Concerto Sinfônico com 60 professores interpretando compositores brasileiros

 

Primeiro sucesso

 

O primeiro grande sucesso da TV Excelsior foi um programa idealizado por Manoel Carlos. Ele era assistente, mas mesmo assim sugeriu um programa de variedades, sobre musica popular brasileira, futebol, cinema e teatro. Manoel Carlos virou produtor. O programa “Brasil 60”, que começou a ser apresentado por Bibi Ferreira conquistou grande sucesso. A emissora com três meses já cobria suas depesas com diversos programas de alto nível, como peças de teatro, filmes, e jornalismo. Outros programas que fizeram sucesso foram “Simonetti Show” que era dirigido por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni) e posteriormente por Jô Soares. A música também marcou a TV Excelsior, pois a TV abriu portas para a Bossa Nova. O topo de audiência era o que a Excelsior buscava, e por isso contratou em 1963, Edson Leite para a direção artística e Alberto Saad para a direção administrativa.

 

Rede Excelsior

 

A compra de emissoras do Rio de Janeiro e em outras regiões do Brasil, transformou-a em rede. Mesmo a transmissão via satélite não existindo na época, a inovação registrou a TV Excelsior na história. As fitas eram transportadas de cidade em cidade. Quando um programa era transmitido no sábado em São Paulo, era visto na segunda-feira no Rio de Janeiro e na quarta-feira em Porto Alegre. Não perca a segunda parte da coluna “ Inesquecíveis Emissoras” que mostra a história da TV Excelsior, nesta terça às 9 da noite, comigo Gabriel Ferreira.

%d blogueiros gostam disto: