Morre Paulo Borges, ídolo corintiano no fim dos anos sessenta

Ponta-direita fez um dos gols da vitória do Timão de 2 a 0 sobre o Santos, em 1968, encerrando um jejum de 11 anos sem vitória sobre o rival

Por GLOBOESPORTE.COM São Paulo

Morreu nesta sexta-feira de manhã, aos 66 anos, vítima de um câncer de pulmão, o ex-jogador Paulo Borges. Ele estava internado no hospital Paulistano, em São Paulo, e será enterrado neste sábado, às 8h30m da manhã, em Americana.

Ponta-direita, Paulo Borges se destacou no Bangu, onde jogou entre 1961 e 1967.  As boas atuações chamaram a atenção de Vicente Feola, que chegou a convocá-lo para uma primeira lista para a Copa de 66.

Em 68, foi contratado pelo Corinthians e virou herói ao marcar um dos gols da vitória de 2 a 0 sobre o Santos, na mesma temporada, quebrando um jejum de 11 anos sem vitórias sobre o adversário. A festa no Pacaembu não foi pequena e a torcida cantava: “Com Pelé, com Edu, nós quebramos o tabu”. Em 1975, se transferiu para o Vasco, onde encerrou a carreira.

O Corinthians publicou uma nota oficial em seu site manifestando sua solidariedade à família do ex-jogador.

.

Publicado em 15/07/2011, em Audiencia de Canal e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe a sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: